André Ventura tem OK do Constitucional: coligação “Basta!” foi aprovada

O ex-autarca de Loures André Ventura à chegada aoTribunal Constitucional (TC) para entregar as assinaturas, estatutos e declaração de princípios exigidas por lei para formalizar a constituição de um novo partido, o Chega. O objetivo é concorrer já às eleições europeias de 26 de maio. Lisboa, 23 de janeiro de 2019. JOÃO RELVAS/LUSA

À terceira foi de vez: depois de dois chumbos, a coligação constituída pelos partidos Chega, Partido Popular Monárquico, Partido Cidadania e Democracia Cristã e o movimento Democracia 21 teve o aval do Tribunal Constitucional para concorrer às europeias de 26 de maio. Vai concorrer com o nome “Basta!”.

A coligação encabeçada por André Ventura, que quer correr às Europeias, avançou na passada quarta-feira com o pedido de legalização de um novo nome junto do Constitucional, depois dos nomes “Chega” e “Europa Chega” terem sido chumbados.

“Basta” foi a terceira opção e seria a última, avisou o dirigente, que agora tem o aval para poder ser cabeça de lista às europeias.

A juíza que assina o acórdão considerou que “a nova denominação da coligação, Basta! recorrendo a um termo diferente da denominação do partido Chega” era razão para não ser “confundível” um com o outro, pelo que o seu registo foi aprovada.

in Jornal de Notícias