Basta acusa o Estado de falhar “completamente” na defesa e valorização do interior

O cabeça de lista europeu e líder da Coligação Basta, André Ventura, acusou hoje o Estado de falhar “completamente” na defesa e valorização do Interior do país.

Em Castanheira de Pera, no distrito de Leiria, um dos concelhos mais afetados pelos incêndios de junho de 2017, onde almoçou, o candidato disse que a sua visita pretende revelar e demonstrar “que o Interior tem sido abandonado”.

“Mais uma vez fica claro o quanto o Estado tem abandonado esta parte do país, como se não interessasse, sempre com a mesma lógica eleitoralista, do voto e não do desenvolvimento”, frisou à agência Lusa.

Da parte da tarde, André Ventura e uma pequena comitiva visita o concelho vizinho de Pedrógão Grande, o mais atingido pelos incêndios de junho de 2017, para “mostrar que o Estado falhou completamente”.

Para o líder da Coligação Basta, aquele município do Pinhal Interior “é o exemplo de como o Estado não conseguiu assegurar um direito fundamental aos seus cidadãos, o direito a estar a segurança, a sua vida, os seus bens e ao desenvolvimento”.

André Ventura denunciou que existem pessoas que foram vítimas dos “terríveis incêndios”, em que foram feitas “grandes ações de marketing em volta das suas casas e dos seus bens e ainda não receberam um cêntimo de apoio do Estado”.

“O Estado falhou em toda a linha e não pode continuar a falhar. Vimos dizer às pessoas que as promessas são para cumprir e fiscalizar o Governo no cumprimento das promessas que faz a estas pessoas”, sublinhou o candidato, considerando que aquela população “não pode ser duplamente vitimizada: pela tragédia e pela total irresponsabilidade do Estado e afastamento dos poderes públicos”.

in Sapo