CHEGA propõe reabertura de cabeleireiros e barbeiros a partir do dia 22 de fevereiro

O partido CHEGA alerta, mais uma vez, desta feita através de projeto de resolução, para a urgência da reabertura das atividades económicas evitando mais falências e perdas económicas e psicológicas dos portugueses.
Está na hora de iniciar a abertura controlada de pequenos negócios de família cujos lucros são o seu único sustento. Estas famílias precisam de trabalhar para pagar as suas contas ao final do mês. A larga maioria dos portugueses prefere trabalhar a viver de subsídios do Estado.


O CHEGA recomenda assim ao Governo que promova a reabertura de cabeleireiros e barbeiros, inclusive manicures e outros que nestes espaços laborem nesta área de atividade, sendo elaborada para tal um conjunto de medidas de segurança que devam ser cumpridas na efetivação desta reabertura.