CHEGA quer que Governo resolva urgentemente problemas dos aumentos salariais aos profissionais de Saúde

O CHEGA recomendou ao Governo, esta terça-feira, que resolva com “carácter de urgência” os problemas informáticos que impediram que os profissionais de saúde auferissem, este mês, os aumentos salariais atribuídos à Função Pública.

Apesar de o Ministério da Saúde já ter justificado o não processamento dos aumentos salariais com problemas de ordem informática, a tutela fez também saber que os anunciados incrementos nos salários só poderão ser atribuídos aquando do processamento do próximo salário.

“Obrigar estes trabalhadores a esperar mais um mês chega a ser desumano, na medida em que muitos estão há semanas consecutivas sem ir a casa, vivendo da solidariedade de associações colectivas ou de grupos de civis que lhes disponibilizam locais para dormir e refeições no local de trabalho, para não terem que se ausentar.

Estes actos que só podem ser descritos como heroicos, mereciam um maior reconhecimento por parte do Estado ou, mais precisamente, por parte da máquina informática do Estado e daqueles que são especialistas nesta área”, defende o deputado André Ventura no Projecto de Resolução entregue esta semana na Assembleia da República.