Quo Vadis, Observador

Miguel Pinheiro, jornalista (?), comentador (?) do Observador, faz mais um ataque cerrado ao Chega e a André Ventura, mostrando, uma vez mais, o seu ódio virulento contra nós.

Desde apelidar André Ventura de “vilão de série B”, a compará-lo com Kim Jong-un, passando por “gozar” com o facto de, nos nossos gabinetes de deputados, termos (com muita honra) uma fotografia do nosso Presidente, o jornalista (?), comentador (?) delicia-se a insultar André Ventura.

Poderá o sr. Miguel Pinheiro escudar-se no texto da jornalista Inês Figueiredo publicado no Observador, mas isso não o iliba da verborreia utilizada no seu podcast.

Este tipo de arrazoado de palavras, apenas demonstra a necessidade de algumas figurinhas que debitam nos nossos órgãos de informação (?) se colocarem em “bicos de pés”, falando muito, mas dizendo muito pouco.

Os deputados são livres de, nos seus gabinetes, colocarem as fotografias de quem bem entenderem, dentro dos limites da decência e do bom senso. E é de muito mau gosto e, até ofensa à nossa privacidade, serem publicadas fotografias do interior dos nossos gabinetes sem a nossa autorização.

Para que conste, é uma honra ter a fotografia do Dr. André Ventura na minha sala de trabalho.

Jorge Galveias

Informação

A Comissão de Ética informa que, ao abrigo da Diretiva n.º 3/2020 e do Regulamento Disciplinar, foi aprovada a suspensão provisória do militante Rui Pedro Coutinho Boaventura, por um período de 90 Dias e vai ser proposta a sua expulsão ao Conselho de Jurisdição.

Mais se informa que a suspensão provisória do militante tem ainda efeitos quanto a todos os mandatos e funções do visado, bem como quanto à sua capacidade eleitoral ativa e passiva.

A Comissão de Ética

Lisboa, 20 de Abril de 2022

Conteúdo em atualização.

Prometemos ser breves !