Eleições em Itália: Chega saúda “viragem à direita” e antevê “ventos de mudança” em Portugal

“Estamos seguros de que estes ventos de mudança irão chegar a Portugal e que também os portugueses terão direito a virar a página e eleger quem seja capaz de defender os seus interesses”, salienta o partido liderado por André Ventura

O Chega saudou a “viragem à direita” da Itália e considerou que os resultados das eleições legislativas de hoje neste país abrem caminho a “uma reconfiguração política da Europa”, prevendo que também tenham consequências em Portugal.

O Chega saudou a “viragem à direita” da Itália e considerou que os resultados das eleições legislativas de hoje neste país abrem caminho a “uma reconfiguração política da Europa”, prevendo que também tenham consequências em Portugal.

“Estamos seguros de que estes ventos de mudança irão chegar a Portugal e que também os portugueses terão direito a virar a página e eleger quem seja capaz de defender os seus interesses”, salienta o partido de extrema-direita português, em comunicado.

O Chega congratula-se, em especial, “com a votação obtida pelos seus congéneres europeus, liderados por Giorgia Meloni e Matteo Salvini”.

“Os resultados obtidos por Giorgia Meloni e Matteo Salvini nas eleições italianas abrem caminho a uma verdadeira mudança de políticas em Itália e, ao mesmo tempo, a uma reconfiguração política da Europa”, sublinha o Chega.

O partido liderado por André Ventura refere que, depois da Suécia – onde também se registou uma vitória de uma coligação da direita e extrema-direita nas eleições legislativas de 11 de setembro -, “é agora a vez de a Itália dar mais um sinal claro de que o Continente europeu está em profunda mudança”.

Fonte: Expresso

Assembleia Municipal de Condeixa-a-Nova

Discurso Sessão 6 – 26/09/2022
Caro Sr. Presidente da Assembleia Municipal
Caro Sr. Presidente da Câmara Municipal
Caros Srs. e Sras. Vereadore(a)s
Caros Srs. Deputados e Deputadas
Caros Srs. Funcionários do Município
Caros Munícipes
Cumprimentos e votos de boa tarde

Dirijo-me a todos vós hoje após um ano da eleição desta Assembleia Municipal na esperança de que esta consiga ser mais produtiva nos próximos 3 anos.
Assim quero deixar as seguintes questões ao executivo e a esta Assembleia.
*O grupo de trabalho sobre a educação vai existir?
*A comissão sobre a Fundação Hospital Dona Ana Laboreiro D’Eça vai continuar e trazer resultados práticos?
*O relatório sobre a situação de carência social dentro do concelho solicitado a 28/02 vai ser enviado?
*O município vai preparar a peça informativa sobre a caracterização do nosso concelho com o objetivo de atracão de novas empresas solicitada em 28-02?
Postas estas questões venho alertar para as seguintes chamadas de atenção levantadas por munícipes.
O município vai reduzir a iluminação pública como medida de poupança energética em locais onde não coloca qualquer perigo de segurança?
Exemplo dentro da Urbanização nova Conímbriga existe uma exagerada iluminação.
Obtivemos várias chamadas de atenção sobre uma situação de perigo com a falta de visibilidade da passadeira para peões que atravessa o nó de ligação entre o IC2 e a rotunda do IC3 no local que dá acesso à rua da Faia para o Continente.
Moradores da Urbanização Nova Conímbriga reclamam sobre a degradação do piso rodoviário, da ligação Urbanização Nova Conímbriga ao IC3, em frente aos Estaleiros da Câmara Municipal de Condeixa, solicitamos um prazo para a reparação da via, pois os buracos ali existentes já duram há vários anos, por informação das Infraestruturas de Portugal a reparação deste troço é da responsabilidade da Autarquia.

Cordialmente
Eduardo Alcouce

Conteúdo em atualização.

Prometemos ser breves !