TAP? Chega vai questionar Governo sobre compra “imoral” de carros de luxo

O Chega vai questionar o Ministério das Infraestruturas sobre a compra de carros de luxo para administradores e diretores da TAP, situação que o líder, André Ventura, considerou hoje “absolutamente imoral” no atual momento.

“Num momento de crise como o que estamos a viver vamos questionar qual é a justificação para haver despesas deste tipo numa companhia aérea que os portugueses tem vindo a salvar com os seus impostos”, afirmou à Lusa o presidente do Chega, André Ventura.

Ventura quer saber que justificação tem o Governo de António Costa para gastar “milhões em carros de luxo” numa altura de crise e em que a companhia aérea está a “conter o pagamento de salários e de despesas operacionais”.

Fonte: Notícias ao Minuto

5 de Outubro: Chega diz que faltou uma “certa autocrítica” ao Presidente por permitir erros ao Governo

O líder do Chega considerou que faltou uma “certa autocrítica” na mensagem do 05 de Outubro do Presidente da República por “permitir consecutivos erros e excessos” por parte do Governo do PS.

O líder do Chega considerou esta quarta-feira que faltou uma “certa autocrítica” na mensagem do 05 de Outubro do Presidente da República por “permitir consecutivos erros e excessos” por parte do Governo do PS.

“Há uma certa autocrítica que o Presidente da República devia ter feito e não fez nessa matéria, porque, também ele, enquanto Presidente da República e, portanto, garante do funcionamento das instituições democráticas, teria de ter controlado e contido alguns abusos e excessos do Governo e não o tem feito”, afirmou André Ventura à Lusa sobre o discurso de Marcelo Rebelo de Sousa na sessão solene do 112º aniversário da implantação da República.
Fonte: Observador

Conteúdo em atualização.

Prometemos ser breves !