Chega concretiza pedido de inquérito sobre “eventual interferência política” no BIC e no Banif

O Chega propõe um inquérito parlamentar para avaliar “a eventual interferência política do primeiro-ministro sobre o antigo governador do Banco de Portugal” no BIC e se a resolução do Banif foi objeto de “interferência abusiva do Governo”.

O Chega já tinha anunciado na terça-feira que iria entregar um pedido de inquérito sobre esta matéria. No entanto, para avançar, será necessária ou a aprovação por maioria em plenário ou, em alternativa, a assinatura por um quinto dos deputados (46 parlamentares) para que este pedido seja obrigatório, quando a bancada do partido liderado por André Ventura tem apenas 12 deputados.

No projeto a que a Lusa teve acesso, o Chega propõe uma comissão eventual de inquérito parlamentar com o seguinte título: “para apurar a eventual ingerência do primeiro-ministro na autonomia do Banco de Portugal para proteger a filha do Presidente de Angola”.

Fonte: SAPO

Conteúdo em atualização.

Prometemos ser breves !