Informação

A Comissão de Ética informa que, ao abrigo da Diretiva n.º 3/2020 e do Regulamento Disciplinar, foi aprovada a suspensão provisória do militante Miguel Henrique Silva Pita, por um período de 90 Dias.

Mais se informa que a suspensão provisória do militante tem ainda efeitos quanto a todos os mandatos e funções do visado, bem como quanto à sua capacidade eleitoral ativa e passiva.

A Comissão de Ética

Lisboa, 10 de Julho de 2022

Informação

A Comissão de Ética informa que, ao abrigo da Diretiva n.º 3/2020 e do Regulamento Disciplinar, foi aprovada a suspensão provisória do militante Vitor Bruno Teixeira Lopes, por um período de 30 Dias.

Mais se informa que a suspensão provisória do militante tem ainda efeitos quanto a todos os mandatos e funções do visado, bem como quanto à sua capacidade eleitoral ativa e passiva.

A Comissão de Ética

Lisboa, 10 de Julho de 2022

Santos Silva volta a recusar projeto de lei do Chega: Ventura queria pena de 65 anos para homicídios

O partido já apresentou recurso da decisão do presidente da AR, e ameaça avançar para o Tribunal Constitucional.

Pela terceira vez na atual legislatura, Augusto Santos Silva “foi obrigado” a não admitir um projeto de lei do Chega, desta vez, uma proposta para aumentar a pena de prisão para os 65 anos, nos “crimes de homicídio praticados com especial perversidade, nomeadamente contra crianças”.

presidente da Assembleia da República (AR), no início da sessão plenária, anunciou que o veto à proposta do Chega, considerando que “é uma violação manifesta e flagrante da Constituição”. Na semana passada, Santos Silva já tinha recusado um projeto de lei de André Ventura para o restabelecimento da prisão perpétua.

Fonte: TSF

Chega diz que estatuto do SNS não oferece soluções para problemas atuais

O presidente do Chega, André Ventura, criticou hoje o novo estatuto do Serviço Nacional de Saúde (SNS), apresentado pelo Governo na quinta-feira, considerando que “não oferece solução absolutamente nenhuma” para os problemas que se colocam atualmente.

“A ministra da saúde tinha anunciado uma grande reforma no âmbito do SNS, com a criação de um estatuto próprio para resolver os problemas do SNS. Acontece que nós olhamos para este estatuto do SNS e vemos duas coisas curiosas, primeiro, que não toca em nenhum dos pontos principais cujos problemas neste momento se agudizam”, como a falta de profissionais ou o encerramento de serviços, afirmou.

Em declarações aos jornalistas na Assembleia da República, em Lisboa, André Ventura defendeu que “não oferece solução absolutamente nenhuma e mantém tudo na mesma”.

Fonte: Notícias ao Minuto

Informação

A Comissão de Ética informa que, ao abrigo da Diretiva n.º 3/2020 e do Regulamento Disciplinar, foi aprovada a suspensão provisória do militante Henrique São Marcos por um período de 30 Dias.

Mais se informa que a suspensão provisória do militante tem ainda efeitos quanto a todos os mandatos e funções do visado, bem como quanto à sua capacidade eleitoral ativa e passiva.

A Comissão de Ética

Lisboa, 8 de Julho de 2022

Informação

A Comissão de Ética informa que, ao abrigo da Diretiva n.º 3/2020 e do Regulamento Disciplinar, foi aprovada a suspensão provisória do militante Fernando José Dantas da Silva por um período de 30 Dias.

Mais se informa que a suspensão provisória do militante tem ainda efeitos quanto a todos os mandatos e funções do visado, bem como quanto à sua capacidade eleitoral ativa e passiva.

A Comissão de Ética

Lisboa, 8 de Julho de 2022

Santos Silva volta a rejeitar discutir proposta do CHEGA

O Presidente da Assembleia da República rejeitou admitir o Projeto de Lei do CHEGA que propõe aumentar o tecto máximo da pena de prisão para 65 anos em crimes de homicídio praticados com especial perversidade, alegando inconstitucionalidade.
Augusto Santos Silva voltou a rejeitar admitir à discussão um Projeto de Lei do CHEGA, desta feita sobre o aumento do tecto máximo da pena de prisão para 65 anos em crimes de homicídio praticados com especial perversidade, nomeadamente contra crianças, alegando inconstitucionalidade.
Esta é a terceira vez, no espaço de poucas semanas, que o Presidente da Assembleia da República nega ao CHEGA o direito de discutir um Projeto de Lei, invocando inconstitucionalidade.
Recorde-se que o CHEGA já foi impedido de discutir iniciativas relativas ao Estatuto dos Deputados, à prisão perpétua e agora ao aumento do tecto máximo da pena de prisão para 65 anos. Esta última foi apresentada para poder ultrapassar qualquer tipo de inconstitucionalidade que pudesse existir no Projeto de Lei da prisão perpétua.

O CHEGA entende que o poder exercido desta forma pelo Presidente da Assembleia da República prejudica a democracia e limita os direitos dos grupos parlamentares, razão pela qual apresentou um projeto de alteração ao Regimento da Assembleia da República que prevê, entre outras alterações, que quando existam dúvidas sobre a constitucionalidade de uma iniciativa, essas dúvidas devem ser expressas no relatório elaborado pela respetiva Comissão, mas tal circunstância não pode limitar a sua discussão pela Assembleia da República.

O Grupo Parlamentar do CHEGA
08 de Julho de 2022

Debates quinzenais: “Acordo secreto entre PS e PSD? É gravíssimo”, afirma André Ventura

André Ventura quer que o PSD esclareça se houve ou não um acordo secreto com o PS sobre os debates com o primeiro-ministro no Parlamento.

“Eurico Brilhante Dias ter vindo hoje [quinta-feira] dizer que havia uma espécie de acordo (…) que só pode ser um acordo secreto entre o PSD e o PS para alternar entre ministros e primeiro-ministro no Parlamento a cada 15 dias e isto é gravíssimo”, disse o líder do Chega.

Fonte: SIC Notícias

João Pedro Silva – Membro da Assembleia de Freguesia da Tocha

Eu sou o João Pedro Santos Silva, tenho 51 anos, sou Empresário no Ramo da Hotelaria. Em 26 de setembro de 2021, fui eleito como Membro da Assembleia de Freguesia da Tocha, com 11,37% dos votos, tenho todo o ORGULHO em dizer que faço parte da 3ª FORÇA POLÍTICA do Concelho de Cantanhede, além de que também elenco o Grupo de Trabalho Concelhio de Cantanhede.
A Vila da Tocha, remonta já ao tempo de D. Afonso Henriques, tendo quer um legado histórico quer um legado cultural de enorme qualidade. Vai das Danças aos Cantares, dos Trajes Gandarezes aos Jogos e Brinquedos Tradicionais.
Terra de praias deslumbrantes, de gente humilde, mas continuamente com fortes ligações ao mar.
Tem na Arte Xávega e na hospitalidade os seus maiores polos de atração no Turismo, visto que a intensa procura de “Artes Ancestrais” pelos Turistas é deveras notória. Qualquer objetiva “rouba” em qualquer momento um pouco do suor destes “guerreiros do mar”.
No entanto, mesmo com este traçado Turístico envolvente deveras cativante, tem lacunas notórias, que vai desde a falta de Alojamento Local a de Instalações Hoteleiras de nomeada, e principalmente a conservação e reparação das Estradas Florestais no sentido da Praia de Mira e da Praia de Quiaios.
No entanto, o nosso principal propósito é AJUDAR A CRIAR SOLUÇÕES.
O CAMINHO É LONGO, e o TERRENO É ARENOSO, mas SE FOSSE FÁCIL, NÃO SERIA PARA NÓS!!!

Estamos cá por ti e pelos teus.

Conteúdo em atualização.

Prometemos ser breves !