O escândalo do saneamento no Tribunal de Contas!

Diga-se o que disser é um escândalo! A não recondução de Vítor Caldeira na Presidência do Tribunal de Contas é, objectivamente falando, um saneamento da responsabilidade de António Costa com a conivência de Marcelo Rebelo de Sousa. Ainda por cima nomeando um “yes man”, o juiz conselheiro José Tavares, que já está há anos no TC e que tem na sua folha de registos reuniões secretas com José Sócrates para contornar vistos do próprio TC (traindo os seus pares) de que resultou prejuízos de milhares de milhões de euros para o Estado. É um escândalo!

Tive o gosto de conhecer pessoalmente o Juiz Conselheiro, José Tavares, que agora assume a Presidência do TC, meu conterrâneo e professor no Mestrado que frequentei no ISCTE, há cerca de 17 anos, não me movem razões pessoais de forma alguma, limito-me aos factos!.

António Costa (e o seu amigo Marcelo Rebelo de Sousa) perderam de vez a vergonha. Primeiro foi o assalto dos “xoxialistas” ao Estado: assessores, adjuntos, diretores-gerais, contratados, simples funcionários públicos. Foi um “ver se te avias” despudorado, desavergonhado. Agora a estratégia “pia mais fino” e consiste em colocar os amigos, os “yes men”, em lugares chaves, em lugares determinantes. Veja-se: Lucília Gago na Procuradoria-Geral da República  (senhora anódina que permitiu que a verdadeira PGR passasse a ser a Ministra da Justiça, Francisca Van Dunen); Centeno no Banco de Portugal (fazendo com que o governador do Banco de Portugal emita opiniões de elogio à política do Governo… implementada pelo próprio enquanto Ministro!); e agora o escândalo do Presidente do TC.

Na verdade, nada de surpreendente. É o PS igual a si mesmo, igual ao que sempre foi. Um PS sem oposição tanto na Assembleia da República como na Presidência da República e a governar com as esquerdas cúmplices.

Resta nós, o Partido Chega… que por enquanto só temos o nosso líder, André Ventura, no Parlamento. Mas há-de chegar a nossa vez, mais depressa do que eles julgam!

José Dias, Vice-Presidente para a Segurança e a Justiça