CHEGA / Publicação atual

Informação – Conselho de Jurisdição Nacional

Informação – Conselho de Jurisdição Nacional

Publicado a 29-11-2021

Informa o Conselho de Jurisdição Nacional do Partido CHEGA sobre os seguintes pontos:

– Uma vez ratificadas todas as decisões dos órgãos do partido, pelo IV Congresso do Partido CHEGA, em Viseu, todas as decisões processuais emitidas pelo Conselho de Jurisdição Nacional anterior permanecem inalteradas, mantendo-se aplicáveis as respectivas penas bem como as suas consequências legais, regulamentares e estatutárias.

– Junto se anexa a lista das decisões agora ratificadas, constando dela as expulsões do partido e as suspensões na qualidade de membro do partido, estas últimas, que ainda se encontrem a decorrer.

– Ao abrigo da legitimação que o Congresso Nacional do Partido CHEGA atribuiu às decisões do Conselho de Jurisdição Nacional, e verificadas algumas incompatibilidades entre essa mesma legitimação, as suas consequências e a hipotética presença de alguns visados expulsos em órgãos ou estruturas do partido, o Conselho de Jurisdição Nacional fará dessas situações o devido levantamento, comunicando-o, nos casos em que tal aconteça, à Mesa Nacional do Partido CHEGA, para que sejam assim retirados e/ou substituídos.

Decisões ratificadas:

Processo: PE16/RT/21
Militante: Carlos Augusto Borges Rodrigues Furtado
Nº de militante: 8062
Decisão processual: Expulsão

Processo: PE14/IP/21
Militante: João Augusto Faustino da Silva
Nº de militante: 2350
Decisão processual: pena de suspensão na qualidade de membro do partido por 180 dias

Processo: PE08/AP/21
Militante: Cláudia Pinho
Nº de militante: 3090
Decisão processual: suspensão da qualidade de membro do partido pelo período de 180 dias

Processo: PE9/RT/21
Militante: Luís Miguel Mendes
Nº de militante: 1056
Decisão processual: pena de suspensão na qualidade de membro do partido por 365 dias

Processo: PE11/RR/2021
Militante: Joaquim Agostinho Ferreira Vale
Nº de militante: 7441
Decisão processual: Expulsão

Processo: PE10/JA/21
Militante: Nuno Miguel Pinto Nunes de Bastos Rebelo
Nº de militante: 11559
Decisão processual: pena de suspensão na qualidade de membro do partido por 180 dias

Processo: PE1/AP/21
Militante: Edite Maria Rosado Dias Ramalhete
Nº de militante: 5582
Decisão processual: Expulsão

Processo: PE5/AF/21
Militante: Marta Dias Ramalhete
Nº de militante: 7713
Decisão processual: Expulsão

Processo: PE6/MG/21
Militante: Rui Freire
Nº de militante: 2289
Decisão processual: Expulsão

Processo: PE7/IP/21
Militante: Manuel Ferreira dos Anjos
Nº de militante: 19
Decisão processual: Expulsão

Com os melhores cumprimentos,

O Conselho de Jurisdição Nacional do Partido CHEGA

Lisboa, 29 de novembro de 2021

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Partido Político CHEGA
Rua Miguel Lupi 12 - 1ºdrt.
1200-725 Lisboa
Contacto Sede: 213 961 244 – das 10h00-19h00
Assessoria de Imprensa: 934 454 043
Protocolo e Eventos: [email protected]

Política de Privacidade
Responsável pelo tratamento de dados: [email protected] Finalidade do tratamento: inscrição e gestão da condição de futuro militante no chega, em observância do art.º 9.º, n.º 2, al. D), do regulamento geral sobre a proteção de dados (RGPD). Os dados pessoais do futuro militante são objecto de processamento informático e de utilização no âmbito das actividades das estruturas internas e autónomas e diferentes candidaturas eleitorais internas de futuros militantes recebidas, nos termos que vierem a ser definidos dos estatutos e dos regulamentos eleitorais do chega, com a garantia de não serem divulgados a outras entidades para outras actividades que não se enquadrem no âmbito da declaração de princípios e das actividades do chega. Caso se venha a equacionar a cedência de dados a terceiros para uma finalidade legítima, tal carecerá sempre da obtenção prévia do consentimento do futuro militante. Prazo de conservação: os seus dados serão conservados enquanto perdurar a constituição do partido e, posteriormente, a condição de militante e, caso se aplique alguma norma estatutária ou regulamentar que implique a conservação dos dados para lá desse momento, nomeadamente de ordem disciplinar, até ao final do prazo estatutariamente ou em regulamento previsto para a efectivação dessa norma. Direitos dos titulares: o titular dos dados pode exercer os seus direitos de acesso, rectificação, oposição, apagamento ou limitação dos seus dados pessoais, nos termos do RGPD, devendo, para o efeito, remeter o seu pedido, por escrito, para [email protected] Direito de queixa: caso assim o entenda, o titular dos dados tem o direito de apresentar queixa junto da comissão nacional de protecção de dados. Encarregado de protecção de dados: em cumprimento do RGPD, o encarregado da proteção de dados pode ser contactado através do endereço eletrónico [email protected]

Conteúdo em atualização.

Prometemos ser breves !