CHEGA / Publicação atual

Chega vai propor benefícios fiscais para senhorios que arrendem casas a estudantes do ensino superior

O Chega anunciou hoje que vai propor uma redução da taxa de IRS de “28% para 10%” para senhorios que arrendem casas a estudantes do ensino superior, defendendo que os “jovens precisam de soluções imediatas” de alojamento.

“Identificando esta escassez, o Chega vai apresentar um projeto de lei que pede a redução do imposto de 28% para 10% de todos os senhorios que realizem contratos de alojamento com estudantes do ensino superior”, anunciou a deputada Rita Matias.

Numa declaração política na Assembleia da República, a parlamentar do Chega desafiou os restantes partidos a aprovarem esta proposta quando for a votos, considerando “uma hipocrisia” e que demonstrarão ser “mais fiéis a cálculos políticos do que aos jovens portugueses” se não o fizerem.

No entanto, a deputada ficou sem resposta uma vez que não houve pedidos de esclarecimento na sequência da sua intervenção, ao contrário do que aconteceu com outros partidos.

Rita Matias afirmou que “o Estado tem falhado aos jovens portugueses, o Governo socialista falhou e continua a falhar aos estudantes universitários”.

Fonte: SAPO

Facebook
Twitter
Telegram
Pinterest
WhatsApp
Email

Partido Político CHEGA
Rua Miguel Lupi 12 - 1ºdrt.
1200-725 Lisboa
Contacto Sede: 213 961 244 – das 10h00-13h00 e 14h30-19h00
Email Geral: [email protected]

Política de Privacidade
Responsável pelo tratamento de dados: [email protected]. Finalidade do tratamento: inscrição e gestão da condição de futuro militante no chega, em observância do art.º 9.º, n.º 2, al. D), do regulamento geral sobre a proteção de dados (RGPD). Os dados pessoais do futuro militante são objecto de processamento informático e de utilização no âmbito das actividades das estruturas internas e autónomas e diferentes candidaturas eleitorais internas de futuros militantes recebidas, nos termos que vierem a ser definidos dos estatutos e dos regulamentos eleitorais do chega, com a garantia de não serem divulgados a outras entidades para outras actividades que não se enquadrem no âmbito da declaração de princípios e das actividades do chega. Caso se venha a equacionar a cedência de dados a terceiros para uma finalidade legítima, tal carecerá sempre da obtenção prévia do consentimento do futuro militante. Prazo de conservação: os seus dados serão conservados enquanto perdurar a constituição do partido e, posteriormente, a condição de militante e, caso se aplique alguma norma estatutária ou regulamentar que implique a conservação dos dados para lá desse momento, nomeadamente de ordem disciplinar, até ao final do prazo estatutariamente ou em regulamento previsto para a efectivação dessa norma. Direitos dos titulares: o titular dos dados pode exercer os seus direitos de acesso, rectificação, oposição, apagamento ou limitação dos seus dados pessoais, nos termos do RGPD, devendo, para o efeito, remeter o seu pedido, por escrito, para [email protected]. Direito de queixa: caso assim o entenda, o titular dos dados tem o direito de apresentar queixa junto da comissão nacional de protecção de dados. Encarregado de protecção de dados: em cumprimento do RGPD, o encarregado da proteção de dados pode ser contactado através do endereço eletrónico [email protected].

Visita Técnica - VI Convenção Nacional do Partido CHEGA!

A Visita Técnica irá decorrer no dia 27 de Dezembro pelas 12h00.

Conteúdo em atualização.

Prometemos ser breves !